Pergunte aos dados e eles te responderão!

E aí, você informatizou toda a sua empresa. Você tem o controle de tudo, desde a compra da matéria prima, produção, custos, prazos de entrega até a nota fiscal e o acompanhamento da entrega na casa do seu cliente. Você conhece muito bem o caminho que você percorreu para chegar até aqui.

Mas no quê isto o diferencia da concorrência? Porque aquela empresa nova, altamente tecnológica, que até ontem ninguém conhecia, está invadindo o seu mercado tão precioso?

A informação, hoje em dia, é considerada o bem mais precioso de uma organização.  Todo e qualquer tipo de ação, sejam transações financeiras, relatórios médicos, eleições ou redes sociais, geram dados que podem ser processados dentro de um contexto, gerando informações altamente relevantes.

Em sua tese, Cesar Hidalgo, pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT), afirma que a economia cresce em função do crescimento da informação.  Para ele, agrega-se valor a produtos e serviços por meio da informação contida neles.

Como interpretar os dados?

Os sistemas de informação devem servir de apoio para que você conheça seu mercado, porque, por meio da análise do dados armazenados, a empresa pode se antecipar aos problemas. Identificar alunos com mais propensão à evasão escolar, prevenir epidemias, evitar a perda de clientes, identificar áreas de risco, tornar um processo produtivo mais eficaz e eficiente. Isto tudo a partir de uma análise dos dados.

Dar sentido a grandes quantidades de dados significa elaborar questões que nos permitirão analisá-los e extrair insights a partir disto. Para isso é preciso separar a boa informação do dado sem valor.

É isto o que empresas inovadoras estão fazendo. Criando produtos e oferecendo serviços que representam, antes de tudo, uma experiência de consumo memorável e diferenciada, que liga o consumidor à marca, transformando-o em seu maior aliado.

E o grande segredo é conhecer o comportamento dos clientes. Identificar tendências de consumo, relações de compra, entender seus hábitos, antever seus desejos e se antecipar a tudo. Oferecer exatamente aquilo que ele gostaria de ter, mesmo que ele ainda não tivesse plena consciência disso. Agora é o momento em que você deve começar a extrair informações valiosas que irão ajudá-lo a se destacar no mercado.

Texto de Eliane Borges Vaz, MSc

Consultora em processos de TI

Coordenadora do Curso de Pós-graduação de Testes em Software na Universidade Positivo – Curitiba

Inscreva-se em nossa newsletter
Crie, treine e implemente modelos de Machine Learning. Ganhe produtividade em sua equipe!