Internet das coisas: saiba como você pode utiliza-la na sua empresa

internet das coisas
internet das coisas

Internet das Coisas é o tipo de tecnologia para a qual sua empresa deve estar atenta. Podemos definir o conceito como sistemas computacionais inter-relacionados — tais como máquinas, dispositivos digitais e objetos que têm a capacidade de transmitir dados por meio da internet.

Essa definição, porém, não diz tudo que a Internet das Coisas pode fazer pelo seu negócio. Por isso, mostramos algumas das formas como ela pode ajudar organizações.

Engajamento com o cliente

Características inteligentes fazem com que seja mais fácil para o consumidor interagir com produtos. E, por causa disso, a Internet das Coisas pode melhorar o relacionamento do negócio com o cliente.

Capacidades de monitoramento avançadas permitem que seja possível, por exemplo, ministrar atualizações e correções pró-ativas, aumentando a vida útil de um produto e a satisfação de quem o adquire.

Recentemente, a IoT foi utilizada na experiência do cliente em um case curioso da Vigor. Uma geladeira inteligente com funções de reconhecimento facial e tela touchscreen permitiam que clientes escolhessem melhor os produtos e varejistas entendessem com mais precisão o processo de tomada de decisões no momento da compra.

Internet das Coisas e a expansão do Big Data

Sensores que fazem parte da Internet das Coisas produzem dados de maneira constante. Essas informações, por sua vez, podem ser armazenadas e analisadas, criando novas oportunidades de descoberta. Com Internet das Coisas, a Inteligência de Negócios pode, portanto, ser otimizada.

Um exemplo disso pode ser visto em serviços que se alimentam de dados como imagens capturadas em câmeras espalhadas pela cidade e informações de redes sociais para gerar insights sobre o comportamento de indivíduos. Alguns projetos nesse sentido mapeiam a criminalidade nas cidades e apontam áreas de risco para os usuários.

Automação de serviços

A logística pode obter grandes benefícios com Internet das Coisas. Sensores integram veículos e pacotes, aumentando a visibilidade da cadeia de distribuição e eliminando, quase que por completo, a perda de itens de alto valor.

Ademais, podem ser utilizados para detectar condições climáticas que podem ser disruptivas durante o curso das entregas. Alertas programados também contribuem para aumentar as chances de uma empresa cumprir seus prazos. E as informações armazenadas nas operações fazem com que seja possível criar rotas melhores.

Depósitos inteligentes, como aqueles que vêm sendo testados pela empresa de entregas UPS, também usam Internet das Coisas para funcionar. O objetivo é eliminar processos, como o de etiquetar produtos, e tornar a empresa cada vez mais simples e digital.

Transformação do negócio com IoT

Hoje em dia, apenas 29% das empresas brasileiras demonstram interesse e conhecimento sobre a Internet das Coisas. Isso significa que há uma grande oportunidade para os negócios dispostos a investir na adoção da tecnologia. O principal motivo é seu potencial de transformação.

Apostar em Internet das Coisas é a chance de otimizar a empresa e detectar novas oportunidades de negócios. Quer um exemplo prático disso? A Ofner foi uma das organizações a apostar no recurso e, atualmente, ela perde menos produtos e economiza dinheiro graças à IoT.

Sensores monitoram a temperatura e a umidade de geladeiras e estufas de lojas e fábricas. A informação é enviada por SMS automaticamente para a equipe de manutenção e qualidade.

E o sistema ainda é capaz de oferecer um diagnóstico do tipo de falha ou de mal funcionamento nos equipamentos. Graças a isso, a empresa faz manutenções mais assertivas e economiza cerca de 15% nas perdas que até pouco tempo registrava.

Gostou de conhecer melhor a Internet das Coisas? Então, provavelmente você vai se interessar por este outro artigo sobre o que é Inteligência Artificial e como ela afeta o nosso trabalho!

Inscreva-se em nossa newsletter
Crie, treine e implemente modelos de Machine Learning. Ganhe produtividade em sua equipe!